sexta-feira, 15 de setembro de 2017

SHORT LIST DO MAN BOOKER PRIZE 2017

.
O PRÉMIO LITERÁRIO "MAN BOOKER PRIZE! 2017
CRIADO PARA PREMIAR AUTORES BRITÂNICOS
ABRIU DESDE 2014 A AUTORES QUE ESCREVAM
EM LINGUA INGLESA ,MESMO QUE NÃO TENHAM
A NACIONALIDADE.


Em Setembro de cada ano é da tradição sair uma short list dos autores que são admitidos à fase final, da avaliçãp.
-


Eis a lista 2017


Em 2014, e pela primeira vez, puderam concorrer ao Booker Prize autores de qualquer parte do mundo, desde que com livros escritos originalmente em inglês e publicados no Reino Unido. Antigamente só participavam escritores do Reino Unido, dos países da Comunidade Britânica, da Irlanda e do Zimbábue.

Este são os nomeados para o Man Booker Prize 2017:

4 3 2 1 de Paul Auster (EUA) (Faber & Faber)
Days Without End de Sebastian Barry (Ireland) (Faber & Faber)
History of Wolves de Emily Fridlund (EUA) (Weidenfeld & Nicolson)
Exit West de Mohsin Hamid (Paquistão-Reino Unido) (Hamish Hamilton)
Solar Bones de Mike McCormack (Irlanda) (Canongate)
Reservoir 13 de Jon McGregor (Reino Unido) (4th Estate)
Elmet de Fiona Mozley (Reino Unido (JM Originals)
The Ministry Of Utmost Happiness de Arundhati Roy (Índia) (Hamish Hamilton)
Lincoln in the Bardo by George Saunders (EUA) (Bloomsbury Publishing)
Home Fire de Kamila Shamsie (Reino Unido-Paquistão) (Bloomsbury Circus)
Autumn de Ali Smith (Reino Unido) (Hamish Hamilton)
Swing Time de Zadie Smith (Reino Unido) (Hamish Hamilton)
The Underground Railroad de Colson Whitehead (US) (Fleet)

terça-feira, 12 de setembro de 2017

GANHÕES DE CASTRO VERDE NO CONCERTO DE ABERTURA DO FESTIVAL 7 SOIS 7 LUAS EM CASTRO VERDE

ESTE ANO ABORDAMOS O
FESTIVAL MEDITERRÂNICO 7 SÓIS, 7 LUAS,
EM 3 PLANOS ,
PRIMEIRAMENTE ATRAVÊS DE DIRECTOS
UTILIZANDO A AGILIDADE DO INSTAGRAM.
QUE APESAR DE PRODUZIR IMAGENS MENOS
NÍTIDAS E CURTAS, POSSIBILITA A RAPI-
DEZ DA PUBLICAÇÃO.
DEPOIS COM A PUBLICAÇÃO NA NOSSA
PLATAFORMA TV O KANAL CASA DAS
PRIMAS , 345990 DA MEO, E POR ULTI-
MO COM A PUBLICAÇÃO AQUI NO NOSSO
BLOG


Esta é a primeira publicação aqui no blogue. e refere-se À actuação dos Ganhões de Castro Verde no Concerto de abertura do Festival.

O Concerto realizou-se no excelente espaço denominado Anfiteatro Municipal,que mais uma vez encheu e deu calôr humano à actuação do grupo masculino da Vila.

Os Ganhões entraram "a ganhar" transportando o histórico do seu êxito já internacional



e deliciaram com a sua qualidade




e com o Anfiteato rendido



a trautaear as modas que vinham do palco




Depois, viria a 2ª.parte do Concerro com o grupo italiano BANDA IKONA, que abordaremos amanhã neste espaço.



E OS VENCEDORES DO FESTIVAL DE VENEZA FORAM...

.
TERMINOU O FESTIVAL DE VENEZA 2017
NO ULTIMO SÁBADO E OS VENCEDORES
FORAM:



Terminou ontem a 74ª edição do Festival Internacional de Cinema de Veneza, tendo “The Shape of Water”, do mexicano Guillermo del Toro arrecadado o Leão de Ouro. O júri, presidido pela atriz americana Annette Bening, atribuiu também o Grande Prémio do Júri a “Foxtrot” de Samuel Maoz e o Leão de Prata de Melhor Realizador a Xavier Legrand por “Jusqu’à La Garde”.

Competição Oficial

Leão de Ouro
The Shape of Water, de Guillermo del Toro


Grande Prémio do Júri
Foxtrot, de Samuel Maoz

Prémio Especial do Júri
Sweet Country, de Warwick Thornton

Leão de Prata – Realizador
Xavier Legrand, por Jusqu’à La Garde

Coppa Volpi – Ator
Kamel El Basha, em The Insult

Coppa Volpi – Atriz
Charlotte Rampling, em Hannah

Melhor Argumento
Martin McDonagh, por Three Billboards Outside Ebbing, Missouri

Prémio Marcello Mastroianni – Jovem Intérprete
Charlie Plummer, por Lean On Pete

Secção Orizzonti

Melhor Filme
Nico, 1988, de Susanna Nicchiarelli

Melhor Realizador
Vahid Jalilvand, por No Date, No Signature

Prémio Especial do Júri
Caniba, de Lucien Castaing-Taylor e Verena Parável

Melhor Ator
Navid Mohammadzadeh, em No Date, No Signature

Melhor Atriz
Lyna Khoudri, em Les Bienheureux

Melhor Argumento
Los Versos Del Olvido, de Alireza Khatami

Curta-Metragem
Gros Chagrin, de Céline Devaux

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

ANA CAPETA, UMA JOVEM ALENTEJANA

.
ANA CAPETA É UMA JOVEM ALENTEJANA
DE ALJUSTREL, QUE JOGA FUTEBOL
NO SPORTING, E QUE TEM UMA APE.
TÊNCIA ELEVADA POR MARCAR GOLOS-


A Ana é um desassossego na área, e nunca hesita na mínima oportunidade de rematar à baliza.
Sigo a carreira dela desde os seus 13 anos, e nunca vi nenhum jogador ou jogadora com o seu índice de eficácia.


Jogou em Castro Verde, onde cedo se destacou marcando muitos golos por época , e depois de uma lesão que a fez para cerca de 1 ano.

Passou pelo Ouriense, CAC Pontinha e desde a época passada ingressou no Sporting, a voltar à modalidade, e ganhou todos os campeonatos que disputou.

Possivelmente por ser muito jovem, tinha no ano passado 18 anos, e com a chegada ao clube de estrelas como Ana Borges ,Diana Silva e Solange Carvalhas, foi sendo menos utilizada pelo técnico, entrando em 23 jogos nas segundas partes e mesmo assim obtendo 21 golos, o que significa uma elevada taxa de concretização.

Na final da taça de Portugal, no Estádio do Jamor, e quando a sua equipa estava empatada (1-1) entrou aos 71 minutos e no prolongamento ....marcou, levando à vitória.



No ultino domingo, no jogo da Supertaça em Coimbra, a Ana começou no banco, vinda de 3 semanas de lesão.
O Sporting estava a perder (0-1) e aos 81 minutos o técnico decidiu-se pela sua entrada aos 81m, e.....a Ana marcou e levou a equipa ao prolongamento, onde mancou mais 2 belíssimos golos, e com o seu hatrick o Sporting venceu a Supertaça.


Nascida em Aljustrel, a Ana é uma alentejana de grande potencial, que espero venha a ser reconhecido, e a leve à seleção principal,
Força ANA CAPETA.

terça-feira, 29 de agosto de 2017

MULHER QUE LÊ

.
casal vai de férias para um hotel rural.
O homem gosta de pescar e a mulher gosta de ler.
Certo dia, o marido volta da pesca no seu barquinho e resolve dormir uma soneca.
Apesar de não conhecer bem a lagoa, a mulher decide pegar no barco do marido e remar. Navega um pouco e põe-se a ler um livro no barco ancorado na margem do lago.
Chega um guarda ambiental com seu barco, pára ao lado da mulher e diz:
- Bom dia, minha senhora. O que está a fazer?
- Estou a ler um livro, como é óbvio! - responde ela.
- A senhora está numa área restrita em que a pesca é proibida.
- Sinto muito, mas não estou a pescar, estou a ler.
- Sim, mas, a senhora tem todo o equipamento de pesca. Pelo que sei, a senhora pode começar a qualquer momento. Se não sair daí imediatamente terei de multá-la e processá-la.
- Se o senhor fizer isso, terei que acusá-lo de assédio sexual.
- Mas eu nem sequer lhe toquei! - diz o guarda ambiental.
- É verdade, mas o senhor tem todo o equipamento. Pelo que sei, pode começar a qualquer momento!
- Tenha um bom dia, minha senhora! - diz ele e vai-se embora.
Moral da história:
Nunca discutas com uma mulher que lê, pois certamente que ela pensa

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

FUTEBOL FEMININO EM CASTRO VERDE

DEPOIS DE UMA ÉPOCA DIFICIL DO
PONTO DE VISTA DE LESÕES, SU-
PERADO COM GRANDE ESTOICISMO
E COM A MELHOR CLASSIFICAÇÃO
DE SEMPRE - O 3º.LUGAR NA
SERIE E DO CAMPEONATO DE
PROMOÇÃO, AS GUERREIRAS DO
CASTRENSE VOLTAM AO TRABA-
LHO.


Passei pelo Estádio 25 de Abril ,foi para mim muito prazeiroso ver de novo a equipa junta e pronta a assumir novos desafios, depois de alguma incerteza quanto à possibilidade de continuar, e assisti a um trecho do treino.



Deixo aqui algumas imagens soltas










e também uma saudação muito especial à equipa técnica liderada pelo Ruben Lança , ao plantel e aos dirigentes na pessoa do inansável Humberto .Força equipa.





segunda-feira, 21 de agosto de 2017

CIMEIRAS DE FERIAS

.
ESTE MÊS, AS CIMEIRAS ENTRAM
DE FÉRIAS NO MAPUTO

DESCONVOCATÓRIA

A nossa PM DINA , vai em visita de Estado a Maputa e deixa-nos a sua palavra presidencial


Amigas/os , este mês não vai ser possível organizar o nosso encontro pois vou de férias assim como as meninas que costumam substituir. Falei para o restaurante " O BATISTA " da Buraca, onde há sempre lugares, e estão abertos. Se estiverem dispostos a conviver poderão encontrar-se à hora do costume. Bjs. Dina


JERRY LEWIS, DEIXOU-NOS

.
FOI UMA REFERÊNCIA DA MINHA GERAÇÃO
ACHO QUE VI TODOS OS FILMES DE JERRY
LEWIS, QUE FOI CULOADO DAS GRANDES
GARGALHADAS QUE CONVULSIVAMENTE
DEI NAS SALAS DE CINEMA NOS ANOS
60.



O ator Jerry Lewis, de 91 anos, um dos mais célebres comediantes da década de 1950, morreu este domingo em Las Vegas, no Estado do Nevada, e com ele a memória de uma certa forma de himôr.

Lewis iniciou a carreira ao lado do cantor Dean Martin, na década de 1940, e anos sessenta protagonizou comédias como "The BellBoy" (1960) ou "The Nutty Professor" (1963).


A causa da morte não foi especificada. Em junho, o ator tinha sido hospitalizado em Las Vegas, devido a uma infeção urinária, o último de uma longa história de problemas de saúde, como um ataque cardíaco, do qual recuperou em 2006.

Nascido a 16 de março de 1926, em Newark, filho de um pianista de variedades e de uma cantora, Lewis começou por explorar a sua veia cómica com amigos e companheiros da Irving School.




sexta-feira, 28 de julho de 2017

O NOSSO ESCRIBA RESIDENTE RICARDO, FAZ HOJE ANOS.

.
O NOSSO RICARDÃO FESTEJA HOJE
MAIS 1 ANO, PARA JUNTAR à SUA
TAXA DE VETUSTEZ, E....CADA
VEZ ESTÁ MAIS JOVEM.


A idade biológica não tem necessariamente a vêr com a idade mental, e esse argumento,colhe absolutamente no que concerne à agilidade as opiniões do nosso festejado de hoje.

O Ricardo não parou no tempo, e os seus escritos , a sua atitide perante o mundo que o rodeia, atesta a validade da afirmação: o Ricardo está mais novo...!!!

Neste vídeo que aqui deixo, vemos o Ricardo ,na sequência duma das nossas Cimeiras a defender as suas ideias sobre uma nova filosofia, o PIANARISMO, cujo Livro I, foi concebido a meias com este vosso escriba de hoje (vulgo Doutor Grilo, a consciência do Pinócchio).



Parabéns Ricardo.
Para o ano há mais (anos, claro...)

quinta-feira, 27 de julho de 2017

CRÓNICA DA CIMEIRA DE JULHO NOS MENINOS

.
OS NOSSOS "MENINOS" ESTIVERAM ON DUTY
NA ULTIMA TERÇA FEIRA DESTE MÊS, COMO
MANDA O REGULAMENTO DAS NOSSAS CIMEIRAS.


E tudo se desenrolou na nossa "propriedade" em Benfica, na nossa sala de paleio em Benfica.

Já se sabe que os meses de Verão ,sendo meses de "férias de férias", no nosso caso que estamos de licença IATA.
Muitos dos nossos senadores estão longe de Lisboa, a descansar da intensa actividade a que são sujeitos no stress da cidade.
Daí ser uma dôr de cabeça para a nossa PM Dina ,arranjar senadores dispostos a prescindir de ir para os Algarves para estar sentados à mesa acontrolar do arroz de polvo e a pôr as memórias em dia.

Desta vez estiveram à volta da mesa 9 senadores:

DINA, MANUELA BRITO E SILVA,MANUELA MASCARENHAS,NORBERTO SANTOS, FERNANDA SANTOS,CANELAS,JOSE GUEDES VAZ,TERESA GUEDES VAZ, JOS PEREIRA DE SOUDA.


Devemos ao Pereira de Sousa, desta vez o paparazzi de turno, as imagens que nos permitem participar de longe na nossa reunião mensal.

A divisa da Dina " AS CIMEIRAS ACONTECEM SEMPRE, MESMO QUE SEJA SÓ COM 2", cumpriu-se e com qualidade, os 9 que apareceram falaram pelos cotovelos, o ambiente esteve muito participado.

ÀS tantas, a Manuela Mascarenhas ,recém vencedora duma luta difícil contra a máquina que controla a nossa (a dela) circulação,e perante o calor que se fazia sentir na sala, sacou de um leque e iniciou uma frenética "abanação", A Dina, ao lado dela, logo a intinou:
-Pronto,Manela, agora exijo que me abanes a mim, durante seculos fomos nós a abanar-vos, agpra chegou a hora de serem vocês a abanar a qui a tua amiga fula-----



E os dichotes, as piadas, as memórias, foram sendo desfiadas tarde fóra, cono só acontecem nas nossa Cimeiras.

Em Agosto haverá mais, o sitio será revelado, por enquanto está em segredo de justiça....

domingo, 23 de julho de 2017

NOITES EM SANTIAGO, EM ENTRADAS (CASTRO VERDE)

VÊM AÍ AS FANTÁSTICAS NOITES
EM SANTIAGO, DE ENTRADAS,



Nos dias 25, 28, 29 e 30 de julho, Entradas celebra o seu padroeiro, em mais uma edição das Noites em Santiago! Espaço de encontro para os entradenses e outros visitantes que anualmente marcam presença na iniciativa, as Noites em Santiago promovem um conjunto de propostas culturais, que passam pela música, bailes, artesanato, gastronomia, feira do livro, animação infantil, entre outras.

O programa tem início a 25 de julho com as Comemorações do 9º Aniversário do Polo da Biblioteca de Entradas, a que se segue uma Noite de Fado com a Banda da Sociedade Recreativa e Filarmónica 1º de Janeiro e com a fadista Sara Gonçalves, na Praça da Liberdade. A noite terminará com um Recital de Poesia que contará com a participação dos alunos Kevin Gonçalves, Tiago Figueira e Ana Luísa Contreiras.

Na sexta, 28 de julho, a partir das 22h00, sobe ao palco das Noites em Santiago o grupo de música tradicional portuguesa "Banza", seguido do baile com os “Irmãos Cabanas”. Para sábado, 29 de julho, que acontece a partir das 18h00, no Campo das Escolas, e o Espetáculo com “Los Romeros e Sevilhanas”, a partir da meia-noite, no recinto da festa.

No último dia da iniciativa, 30 de julho (domingo), realiza-se, pelas 18h30, o habitual Encontro de Cante em Santiago que contará com as atuações dos Grupos Corais “As Ceifeiras” de Entradas, “As Camponesas” de Castro Verde e “Os Amigos” do Barreiro. A animação noturna fica a cargo dos “Dança na Alma, Batida no Coração”, às 21h30, e de Emanuel Martins, a partir das 22h00.

As Noites em Santiago são uma organização da Junta de Freguesia de Entradas, Câmara Municipal de Castro Verde, em colaboração com a Sociedade Recreativa e Desportiva Entradense, Misericórdia de Entradas. Lar Frei Manoel das Entradas. Paróquia S. Tiago - Entradas. Grupo Coral “As Ceifeiras” de Entradas, Amigos Motards de Entradas, Clube de Caçadores de Entradas.

programa

25 JUL 3ªf
17h00 Parabéns à Biblioteca – Bolo de Aniversário (PÓLO DE ENTRADAS DA
BIBLIOTECA )
21h00 Eucaristia em Honra de São Tiago (IGREJA MATRIZ)
21h45 Noite de Fado com a Banda da Sociedade Recreativa e Filarmónica
1º de Janeiro e com a fadista Sara Gonçalves.
Recital de Poesia com os alunos Kevin Gonçalves, Tiago Figueira e Ana
Luísa Contreiras (PRAÇA DA LIBERDADE)

28 JUL 6ªf
15h00 Abertura da Feira do Livro (PÓLO DE ENTRADAS DA BIBLIOTECA)
17h00 Pinturas Faciais e Modelagem de Balões (PÓLO DE ENTRADAS DA BIBLIOTECA)
18h30 Abertura do Espaço da Festa (AVENIDA DE NOSSA SENHORA DA ESPERANÇA)
18h30 Jogo de Futebol Feminino Entradense x São Marcos (POLIDESPORTIVO
DA ESCOLA PRIMÁRIA)
19h00 Animação de Insufláveis (RECINTO DA FESTA)
21h00 Eucaristia seguida de Procissão de Velas em Honra de Nossa
Senhora da Esperança (CAPELA DE NOSSA SENHORA DA ESPERANÇA)
22h00 Espetáculo de música tradicional portuguesa com o Grupo Banza
(RECINTO DA FESTA)
23h30 Baile com Irmãos Cabanas (RECINTO DA FESTA)
29 JUL sáb
10h00 às 20h00 Feira do Livro (PÓLO DE ENTRADAS DA BIBLIOTECA)
11h00 Hora do Conto “Era Uma Vez Uma Raiva” (PÓLO DE ENTRADAS DA BIBLIOTECA)
12h00 Pinturas Faciais (PÓLO DE ENTRADAS DA BIBLIOTECA)
15h00 Hora do Conto “As Moedas de Ouro de Pinto Pintão” (PÓLO DE ENTRADAS
DA BIBLIOTECA)
18h00 Atelier “Vem Construir o teu Pop Up” (PÓLO DE ENTRADAS DA BIBLIOTECA)
18h30 Abertura do Espaço da Festa (AVENIDA DE NOSSA SENHORA DA ESPERANÇA)
19h00 Animação de Insufláveis (RECINTO DA FESTA)
22h00 Baile com Nuno Fradinho (RECINTO DA FESTA)
00h00 Espetáculo com “Los Romeros e Sevilhanas” (RECINTO DA FESTA)
01h30 Continuação do baile (RECINTO DA FESTA)
30 JUL dom
10h00 às 20h00 Feira do Livro (PÓLO DE ENTRADAS DA BIBLIOTECA)
11h00 Hora do Conto “Contos Tontos” (PÓLO DE ENTRADAS DA BIBLIOTECA)
12h00 Modelagem de Balões (PÓLO DE ENTRADAS DA BIBLIOTECA)
12h30 Almoço de Entradenses (CENTRO RECREATIVO DE ENTRADAS) VALOR DA
INSCRIÇÃO: 12,50 € ADULTOS, 6,50 € CRIANÇAS. INSCRIÇÕES: LAR FREI MANOEL DAS ENTRADAS
TEL: 286 915 353 / 286 915 922, TELM: 915 669 371)
16h00 Sessão de Contos com Maurício Leite (PÓLO DE ENTRADAS DA BIBLIOTECA)
16h30 Solene Eucaristia Dominical (IGREJA MATRIZ)
17h30 Imponente Procissão em Honra de São Tiago e Nossa Senhora da
Esperança acompanhada pela Banda da Sociedade Recreativa e Filarmónica
1º de Janeiro (RUAS DE ENTRADAS)
18h00 Abertura do Espaço da Festa (AVENIDA DE NOSSA SENHORA DA ESPERANÇA)
18h30 Encontro de Cante em Santiago (RECINTO DA FESTA)
Grupo Coral “As Ceifeiras” de Entradas
Grupo Coral e Etnográfico “As Camponesas” de Castro Verde
Grupo Coral “Os Amigos” do Barreiro
21h30 Espetáculo “Dança na Alma, Batida no Coração” (RECINTO DA FESTA)
22h00 Baile com Emanuel

sábado, 22 de julho de 2017

CIMEIRA DE JULHO 2017

.
VOLTAMOS À MESA NO RESTAURANTE
OS MENINOS, PARA PÔR A CONVERSA
EM DIA E FAZER ALGNS CASAQUINHOS.


A nossa PM DINA, convoca-nos:

"ALMOÇO RCEANOS ....... 25 JULHO 2017

Amigas/os, cá estou a dar-vos notícias do nosso almoço mensal.
Iremos ao restaurante "OS MENINOS" - Rua Quinta do Charquinho, 2B.

Menu: Entradas

Arroz de Polvo
Sobremesa
Vinho branco e tinto
Água, Refrigerante ou cerveja
Café

€ 17.00

Peço confirmem até segunda-feira, dia 24, às 12h30.

Bjs. Dina "

quarta-feira, 19 de julho de 2017

OFICINA DE CANTE ALENTEJANO NO CCB COM OS GANHÕES DE CASTRO VERDE.

FORAM MOMENTOS DE GRANDE SENTIMENTO
DE ALENTEJANIDADE OS QUE SE VIVERAM
MO CCB EM LISBOA.



Tive o previlégio de ter estado na sala de ensaios do CCB, e de ter assistido à forma calorosa com que os presentes acompanharam e participaram na Oficina ,entoando as modas que iam sendo ensaiadas.



Uma palavra de elogio para a descontraída e competente direção da oficina do Filipe Pratas, na sua dupla função de apresentador e integrande dos cantadores dos Ganhões.






O Filipe mostrou-se muito agradado pela presença dos alentejanos residentes em Lisboa, confessando alguma expectativa sobre quem iria apaeecer. naquela manhã de domingo quente de Verão.



Mas não foram só alentejanos a estar presentes, apareceram muitos lisboetas e curiosos de outras partes do País ,com o Portuenses em visita a Lisboa, a aproveitar o ensejo para o contacto com o cante alentejano.








As opiniões que ouvi ,no final e já cá fóra, foram muito positivas e decerto , o cante alentejano, viu aumentado o número dos seus admiradores.



e momentos como este que aqui deixo



suscitaram muitos sorrisos, muita adesão







As imagens que aqui deixo, foram já publicadas no nosso KANAL CASA DAS PRIMAS, 345990 da MEO, com um compacto.
Para quem não tem acesso à MEO aqui ficam as imagens que decerto ficarão para a História da expansão do Cante.



sexta-feira, 14 de julho de 2017

RECORDANDO OS SANTINHOS DO DIA

,
TODOS OS DIAS NA HORA DE ALMOÇO
NASCIA UM TEXTO COLECTIVO SU-
BORDINADO AO TEMA "SANTINHOS
DO DIA"

hoje RECORDA-SE...

ACQUA VIVA RODEADO PELOS COMPANHEIROS MÁRTIRES, os tais inventados por publicitários
.
Hoje é dia de Rodolfo Acquaviva e seus companheiros mártires. Nascido em Torrejoncillo, filho de pai vendedor ambulante e mãe barregã, Rodolfo, cedo revelou grande tendência para o negócio . Aos 4 anos já traficava chuchas usadas e imprestáveis dodots em quintos e sextos rabinhos. Aos 8 ,vendeu para abastados casais das Guianas Holandesas, dois putos da "segunda atrasada", por um balúrdio de guildens de prata. Mas o ex-libris da sua existência, foi o seu pioneirismo na área dos "quadros vivos", hoje conhecidos como "life show", ou, em modelo popularucho: "life peep show", que em Lisboa tem o seu santuário no "Dome" do Arco de Bandeira, um muito rentável franchising do sexo. Através de uma paroquiana práfrentex da Sé, passou a frequentar as novenas e o mês de Maria, onde viu o furo. Instalou então naquelas mentes (participantes no Côro, coadjuvantes e oficiante) que a par da lírica e oratória, uns quadros vivos que ilustrassem o caminho para o Paraíso, vinham mesmo a calhar, para animar a sessão e reverter em chorudas compensações pecuniárias. Assim, as meninas despiam-se de cortesãs, praticavam actos da mais refinada elegância, que se sobrepunham às "positions de Paris", e às mais sugestivas cenas do Kamasura. Eram salvas do pecado, in extremis, por um antepassado do Padre Frederico. Elogiado pelo Clero, abriu uma sucursal no Distrito de Leiria, na Cova Funda, onde uma moçoila luminosa trepava nas árvores todos os meses no mesmo dia, sem rede, dizendo "parolace oscenes", que só as criancinhas entendiam. Por estes actos meritórios, após a sua morte provocada por uma congestão de bolota e toucinho, foi agraciado com a "Medalha Cardinalícia do Sexo Meritório", e agrafada ao terceiro segredo da Cova. Canonizado em 1837, foi esta santificação festejada pela Dona Carlota Joaquina, com um bacanal que envolveu um Batalhão de alabardeiros. O Calendário de destino, foi o da Garagem da Cooperativa de Taxis da Visconde Valmor.

Nota dos autores: Embora o nome possa sugerir, nunca esteve relacionado com a Lever Farmacêutica, nem com o famoso After Shave Acqua Velva. Quanto aos companheiros mártires, nunca passaram de uma invenção publicitária.

NO COMMENTS

.
Avisos paroquiais afixados na porta da Igreja de Belmonte, todos eles reais:

1.Para todos os que tenham filhos e não o saibam, temos na paróquia uma área especial para crianças.
2.Quinta-feira que vem, às cinco da tarde, haverá uma reunião do grupo de mães. Todas as senhoras que desejem formar parte das mães, devem dirigir-se ao escritório do pároco.
3.As reuniões do grupo de recuperação da autoconfiança são nas sextas-feiras, às oito da noite. Por favor, entrem pela porta traseira.
4.Na sexta-feira às sete, os meninos do Oratório farão uma representação da obra “Hamlet” de Shakespeare, no salão da igreja. Toda a comunidade está convidada para tomar parte nesta tragédia.
5.Prezadas senhoras, não esqueçam a próxima venda para beneficência. É uma boa ocasião para se livrarem das coisas inúteis que há nas suas casas. Tragam os seus maridos!
6.Assunto da catequese de hoje: “Jesus caminha sobre as águas”. Assunto da catequese de amanhã: “Em busca de Jesus”.
7.O coro dos maiores de sessenta anos vai ser suspenso durante o verão, com o agradecimento de toda a paróquia.
8.Lembrem nas suas orações todos os desesperados e cansados da nossa paróquia.
9.O mês de Novembro finalizará com uma missa cantada por todos os defuntos da paróquia.
10.O preço do curso sobre “Oração e jejum” inclui as comidas.
11.Por favor, coloquem as vossas esmolas no envelope, junto com os defuntos que desejem que sejam lembrados.
12.Na próxima terça-feira à noite haverá uma feijoada no salão paroquial. A seguir, terá lugar um concerto.
13.Lembrem-se que quinta-feira começará a catequese para meninos e meninas de ambos os sexos.

quarta-feira, 12 de julho de 2017

PRELIMINARES

.
preliminares

Estava um moiral a guardar ovelhas,ali para os lados do Bringelinho, quando repentinamente, por um carreiro inóspito, lhe aparece o Eng.º montado num tractor 4x4 último modelo, todos os extras, CD com MP3 incluído, vestido com fato Hugo Boss e sapatos DKNY óculos Kalvin Klein. Aproxima-se do velho pastor e diz-lhe:

"Senhor, se eu determinar o número de ovelhas existente no seu rebanho, ganho uma?"

Assombrado, o vekhi moiral concordou. O Engº dirige-se ao 4x4, saca de um Toshiba Tecra 8000 com 1024 MB de RAM, liga-se à

Internet por GSM, faz download de uma base de dados de 300 MB, entra numa página da NASA localizando por satélite a região exacta onde se encontra o rebanho. Executa uma média histórica da massa de uma ovelha Merino mediante uma tabela dinâmica de Excel, com a execução de algumas macros personalizadas em Visual Basic, obtém um diagrama de fluxo, e ao cabo de 3 horas responde ao velho pastor:

"Você tem 1347 ovelhas no seu rebanho, e provavelmente 4 estão grávidas."

O velho assentiu, e disse-lhe que podia levar a ovelha. Quando o outro já estva para partir, o pastor chamou-o e perguntou:

"Ouça, se eu adivinhar onde você estudou, e que curso, devolve-me a ovelha?"

O Eng.º executivo sorriu e respondeu:

"Claro, claro", enquanto continuava a preparar o tractor para partir.

"O senhor estudou Gestão de Empresas na Universidade Católica".

Foi a resposta imediata do pastor. O outro desceu do carro e, espantado, perguntou-lhe como sabia isso.

"É fácil", respondeu o pastor. "Por 4 razões. Primeiro, pela sua ganância. Segundo, porque apareceu sem que eu o tivesse chamado. Terceiro, cobrou por me informar de algo que eu já sabia. E, por último, por que você, na verdade, não percebe nada do negócio. Agora, se não se importa, DEVOLVA-ME O CÃO!


segunda-feira, 10 de julho de 2017

A WERMACHT ERA DOPADA COM PERVITM

.
HITLER ORDENOU O USO DA DROGA PERVITIN
PELO EXERCITO ALEMÃO, E O PLANEAMENTO
DA BLITSKRIRG TEVE A ADIÇÃO AO ESTU-
FACIENTE COMO ELEMENTO VITAL.


Os soldados de Hitler estavam sob efeito de drogas quando invadiam países como Polônia e França. De acordo com o livro "In der totale rausch" (algo como "totalmente adrenalizados"), lançando semana passada na Alemanha, enquanto travavam aquilo que chamavam de "guerra relâmpago" (Blitzkrieg), as tropas nazistas consumiam uma versão antiga de crystal meth (metanfetamina), substância que atua como estimulante do sistema nervoso central.

A droga, diz o livro do escritor Norman Ohler, matinha os soldados acordados, sentindo-se eufóricos e "invencíveis". Segundo a obra, a substância passou a ser fabricada a partir de 1937 pelos nazistas sob o nome de Pervitin e distribuída entre os militares durante a Segunda Guerra. Ohler conta que, na época, a droga foi divulgada como uma pílula desenvolvida para combater o estresse.

“No começo o exército não sabia que o Pervitin era uma droga: soldados pensaram que era como beber café", explica o escritor, que passou meses pesquisando arquivos militares alemães e americanos, de acordo com o jornal britânico "The Independent"



Mas ele deixa claro que os líderes nazistas sabiam exatamente dos efeitos do crystal meth e de como isso podia ser aproveitado em combate. Depois de tentar empregar a droga na invasão da Polônia em 1939, as forças alemãs encomendaram 35 milhões de cartelas de Pervitin antes de avançar em direção à França em 1940.

A campanha francesa se mostrou fulminante, conquistando uma grande parte do território invadido em apenas quatro dias. O livro deixa claro que o Pervitin teve um papel fundamental nessa fase da Segunda Guerra, mantendo os soldados empolgados, sempre dispostos a lutar.

Agora, historiadores dizem que as revelações podem alterar os livros sobre a guerra. "Saber que a blitzkrieg foi uma guerra movida por drogas desbanca a teoria de que o exército alemão estava limpo", diz o historiador germânico Hans Mommsen, segundo o "Independent".



quinta-feira, 6 de julho de 2017

preliminares

.
- Papai, engravidei a filha do porteiro.
- O quê? Samir está louco? Nem judia ela é e ainda é pobre.
- Mas ela disse que tira o filho, papai. Preciso de US$ 1.000,00.
- O quê? Tá louco da cabeça? Tá pensando que papai Jacob tá dando a bunda? Nem pensar.
- Então, o senhor será avô de uma não judia.
- Pensando bem, isso seria pior. Toma dinheiro, seu irresponsável!

Na semana seguinte, Ibrahim o outro filho de Jacob fala para o pai:
- Papai, aconteceu uma desgraça: engravidei a filha do rabino Stein.
- O quê? Ibrahim é louco? Justamente com filha de rabino?
- Mas ela disse que tira o filho, papai. Preciso de US$ 5.000,00.
- O quê? Tá maluco da cabeça? Tá pensando que papai Jacob tá dando a bunda?
- Então, o senhor terá um neto da filha do rabino.
Jacob pensa nas conseqüências e no escândalo que teria que passar e dá o dinheiro para Ibrahim, puto da cara.

Na semana seguinte, Sarah chega para Jacob e diz:
- Papai, não sei como lhe falar, mas estou grávida. E Jacob responde
prontamente:
- Puta que pariu! Até que enfim vai entrar um dinheirinho nessa casa!!!

VENCEDORES DO CANNES 2017

.
ESTE ANO CANNES NÃO DESILUDIU
E DEU À LUZ UMA BOA SAFRA DE
BOMS FILMES, BOM CINEMA.


O 70º Festival de Cannes chegou ao fim neste domingo, 28 de maio. Com destaque para o longa The Square, do sueco Ruben Östlund, que levou a Palma de Ouro, e Sofia Coppola, premiada como Melhor Diretora, veja abaixo a lista com estes e os demais vencedores do evento:



PALMA DE OURO: The Square

Prêmio Especial de 70º Aniversário: Nicole Kidman

Grande Prêmio do Júri: 120 Batimentos por Minuto

Melhor Diretor: Sofia Coppola (O Estranho que Nós Amamos)

Melhor Ator: Joaquin Phoenix (You Were Never Really Here)

Melhor Atriz: Diane Kruger (In the Fade)

Prêmio do Júri: Loveless

Melhor Roteiro: The Killing of a Sacred Deer / You Were Never Really Here

Câmera de Ouro (Para diretores estreantes): Jeune Femme, de Léonor Serraille

Palma de Ouro para curta-metragem: Xiao Cheng Er Yue

Olho de Ouro (Melhor Documentário): Visages, Villages, de Agnès Varda

Prêmio do Júri Ecumênico: Radiance, de Naomi Kawase

MOSTRA UM CERTO OLHAR: A Man of Integrity, de Mohammad Rasoulof

Melhor Diretor: Taylor Sheridan (Wind River)

Prêmio do Júri: April’s Daughter, de Michel Franco

Melhor Performance: Jasmine Trinca (Fortunata)

Prêmio para a Poesia no Cinema: Barbara, de Mathieu Amalric (foto).

Confira aqui as críticas de Pablo Villaça e a nossa cobertura completa ao evento.


quarta-feira, 28 de junho de 2017

CRÓNICA DA CIMEIRA DO FRAGATEIRO DA TRAFARIA

.
FOI UMA TARDE DE QUALIDADE A QUE
PASSÁMOS ALI À BEIRA DO TEJO, NA
TRAFARIA COM A LISBOA AO DISPÔR
DAS NOSSAS VISTAS , A PARTIR DA
NOSSA CIMEIRA DESTA FEITA AO AR
LIVRE DUMA MAGNIFICA TARDE DE
VERÃO.




O RC continua vivo, as nossas Cimeiras já vão no seu 123ª.edição desde que ,em 2007, com os nossos companheiros a entrar às catadupas na reforma ,iniciámos os nossos encontros mensais.

Desta vez estiveram 24 dos nossos senadores à mesa, o que é o maior número registado nos últimos meses.e desta feita com alguns regressos muito saudados pelos presentes, como foi o caso do Vitor Candeias , do Chico Santos Costa,e do Fiúza.

Estiveram à mesa:
DINA,VITOR CANDEIAS,MARIA JOSÉ CANDEIAS,FIUZA,NOEMIA FIUZA,NORBERTO, FERNANDA SANTOS,VITOR SANTOS,CANELAS,ANTUNES,GRAÇA ESPANHA,RUI BRITO SOUSA, SUSY BRITO SOUSA,ALICE,ANABELA,CHICOS SANTOS COSTA,MRS SANTOS COSTA,ZÉ HERDEIRO,HELENA HERDEIRO,MANUELA BRITO E SILVA,MANUELA MASCARENHAS,LEONOR.DINA ROCHA.

Os nossos senadores chagaram à Trafaria de 2 formas:

.Os que vieram de Lisboa, fizeram o percurso Belem-Trafaria no tradicional "cacilheiro".



.Os que residem na Margem Sul, de carro, chegaram primeiro e receberam os lisboetas junto À Estação fluvial.


Desta vez, o Fragateiro reservou-nos as mesas na esplanada.

O dia estava primaveril, cheio de sol, o que adicionado à belíssima vista sobre o Tejo e da zona ribeirinha de Lisboa, ali mesmo frente aos nossos olhos.

Mais uma excelente produção do evento da autoria da nossa PM Dina, a quem devemos a continuidade sem quebras das nossas Cimeiras.

A boa disposição esteve presente desde a chegada, com a Graça ,a Dina e o Canelas a darem o mote.


e continou na mesa






As sardinhas assadas , pequenas e grandes foram prato único e chamariz para o bom número de presenças, e pelas opiniões escutadas , passaram com boa nota.

O Fiúza e a Noemia que há muito não estavam connosco, vieram de propósito de Torres Vedras, e estiveram muito participantes e integrados, com o doutor Passarinho, como lhe chamávamos, a rir com gosto ,ao ser confrontados com as memórias das suas intervenções no RC, como aquela em que ,logo no inicio da sua passagem pelo nosso 5º,andar do edicio 25, o então seu supervisor de serviço de turno, o Carlos Marques,questionou os presentes na sala:

-Quem é que enviou para o telex o voo de Luanda?
-Fui eu, reponderu o Fiúza.
-Mas isto está mal enviado, tem de se meter o record locator à frente do nome do passageiro, ralhou o Marques.
Pouco depois de novo o Marques levantando-se com brusquidão volou a perguntar:

-E quem enviou o TP230 de Bissau?
O Fiúza, levantou-se e respondeu:- Fui eu, mas já tinha enviado antes de saber que tinha de se meter o rec.loc.
Aí o chefe Marques, exaltado, ameaçou_
-Ah mas isto não fica assim, isto vai para cima..

O Fiúza, com a maior calma e desfaçatez do mundo, respondeu:
-Ah isso é que não vai.
O Marques muito vermelho, apontou para o Fiúza:
- O quê?,mas porque é que não vai?

O Fiúza, com aquele ar que se lhe conhece respondeu:
- Porque cá em baixo está o tiroliroliro, e lá m cima está o tiroliroló-----

A gargalhada foi geral, e até o Chefe Marques não aguentou sem rir.

E as estórias e as recordações foram fluindo, com o espirito do RC a renascer ali no Calçadão da Trafaria.


O Chico Santos Costa, mostrou bem a fibra que se lhe reconhece, pois apesar de estar a passar momentos menos bons, com problemas no olho ,calma, no olho de vêr, não o outro traseiro, o Chico, dizia eu, fez questão de estar presente e muito participativo.


O Vitor Candeias,que está mais elegante ,continua grande conversador, ao ver chegar o vapor que trazia de Lisboa os nossos companheiros vindos de Belem, recordou os seus tempos de estudante, quando apanhava todos os dias aquele barco par ir para as aulas no Passos Manuel.

O Canelas foi uma vez mais o que mais sardinhas comeu, fazendo jus à Comenda que já lhe foi atribuída , na nossa Cimeira do Palácio, e àquela performance que protagonizou em Bangkok quando ,sozinho, comeu um peixe tubarão inteiro, cozido no vapor à mesa de um restaurante , com o aplauso espantado de toda a sala, aquando da nossa viagem épica ao Oriente



Recordaram-se muito os nossos companheiros que nos têm vindo a deixar, como o mais recente , o nosso saudoso Farinho, ele que foi dos mais assíduos nas nossas Cimeiras.

Foi uma tarde muito prazeirosa ,numa Cimeira de grande ambiente, que decerto ficará na nossa memória.
A Manela Brito e Silva ,que teve de sair (com dispense) mais cedo, foi despedida com um adeus caloroso.


Para o mês que vem há mais, logo que se saiba onde , a Tranca e a Sala farão saber.

Até lá.

RECORDANDO A PARTIDA DO CHITAS CARREIRAS PARA A REFORMA

.
RECORDO AQUI O DIA EM QUE
O CHITAS CARREIRAS SAIU
DA TAP,, EM 2001.


Nessa época, a tranca publicou a despedida, do também conhecido por FREI XICO DO CABANEJO:


ATÉ JÁ FREI XICO DO CABANEJO
...
Já lá vão 16 anos que o CARREIRAS saíu da Linha de Africa.
Saíu em NovemBro de 2001, e nessa data, dedicámos-lhe um teXto, cuja cópia ainda hoje está afixada na parede da Secção. Nessa altura chamá-mo-lo Frei Xico do Cabanejo e publicamos aqui o texto integral:

FREI XICO DO CABANEJO VAI ABANDONAR O CONVENTO!!!

Vai deixar o nosso convivio, Frei Xico.
O Convento sem Frei Xico e sem Cabanejo, nunca mais será o mesmo.
Porque a Alma do Cabanejo, e do Convento, é Frei Xico.
Sem Xico, à noviça Tareijinha restará a saudade e o fumo, a posse de Bissau e restos do maldito code-share dos nartas de Maputo. Madre Tareija, numa de imperialismo, anexará terra dos Macondes, e terá um Império maior que a Raínha Ginga jamais sonhou, numa Angola sem portugas.O Cabanejo, esse, será confiado a Monsenhor Don Jorge da Sofia, pois atributos não lhe faltam, para dar movimento e uso, a esse grande invento, com o qual Frei Xico atrrecadou o "sesso d.oro" do VI International Sex Contest of Buraca.
Sem Frei Xico, nunca mais a Tasquinha será a mesma.
Sem ele, o arroz de polvo perderá o brilho e o gôsto.
Tinto sem Xico será zurrapa, virará água pé sem castanhas.
Frei Xico, ai de ti que não apareças. No Convento e na Tasquinha....

quinta-feira, 22 de junho de 2017

CIMEIRA DO FRAGATERO DA TRAFARIA

.
NESTE JUNHO O NOSSO ENCONTRO VAI TER
LUGAR NA TRAFARIA, ONDE SEMPRE FOMOS
FELIES, E VAI TER O NICK NAME DE
CIMEIRA DO FRAGATEIRO DA TRAFARIA.




Aí está a CONVOCATÓRIA da nossa PM DINA


"Cá estou eu a dar-vos notícias sobre o nosso ALMOÇO mensal.
Dado que chegou o calor iremos à TRAFARIA - Restaurante " O FRAGATEIRO " já bem conhecido de todos nós.

Iremos comer sardinhas assadas. Se alguém não quiser sardinhas escolherá na altura outro prato.

Digam-me , por favor, até segunda-feira às 16 horas se comparecem.


Horário do barco Belém - Trafaria. ..... 12h30
Horário do barco Trafaria - Belém....... 15h30.



Bjs. Dina "

quarta-feira, 21 de junho de 2017

em castro verde

HOJE. COMEMORA-SE A
APROVAÇÃO DE CASTRO
VERDE COMO RESERVA
MUNDIAL DA BIOSFERA.



A Câmara Municipal de Castro Verde, a Associação de Agricultores do Campo Branco e a Liga para a Proteção da Natureza promovem hoje, dia 21 de junho, uma Sessão Evocativa da Aprovação de Castro Verde como Reserva Mundial da Biosfera, que irá decorrer no miradouro, junto ao edifício dos Paços do Município, a partir das 19h30.

A iniciativa tem como objetivo comemorar a distinção atribuída pelo Conselho de Coordenação Internacional do Programa MaB (Man & the Biosphere), na passada quarta-feira, dia 14 de junho, na sede da UNESCO, em Paris, e contará com a presença de um conjunto representantes de diversas entidades locais, regionais e nacionais.

A população de Castro Verde é convidada a associar-se à Sessão e ao Convívio Comunitário, que contará com a participação musical do Coro Polifónico de Castro Verde, dos Grupos Corais “Os Ganhões” e “As Camponesas” de Castro Verde e Grupo Coral Juvenil de Castro Verde, do Grupo Moços d’Uma Cana, do Conservatório Regional do Baixo Alentejo – Secção de Castro Verde e do acordeonista Tiago Rodrigues.

segunda-feira, 19 de junho de 2017

O RC FALIU , E TRANSFORMOU-SE EM SUPERMERCADO - TEXTO COLECTIVO

.
VAMOS VOLTAR A PUBLICAR UM TEXTO
COLECTIVO, SAÍDO DUM DOS NOSSOS
BEAINSTORMS E QUE SE TORNOU UMA
DAS HISTÓRICAS CRIAÇÕES,


O RC SUPERMERCADO.


Ainda antes do texto já publicado
"O RC ACABOU", foi produzido
este texto colectivo, elaborado
e saído numa TRANCA de 1976..
.


RC SUPERMERCADO
.
O RC faliu. Primeiro de facto,(há muito tempo que não servia para nada). depois por decreto do Quatragésimo Governo Constitucional.
Já não faz overbookings, vende bacalhau, já não controla voos, vende batatas. O Controle Central de Reservas já não é. É um simples supermercado, um super-museu de consumo.
Foi dura a transição, dramática a adaptação das élites. A antiga "Legião Estrangeira", a tropa de choque da TAP fez-se legião de empregados de balcão.
Mas houve surpresas. Aconteceram revelações, desabrocharam vocações. O RC era em potência uma feira-franca, já o sabíamos do tempo do Simas.Agora as águas turvas em que nadava o Canelas, já não são turvas, são claras. Desistiu da transferência pedida à mais de 25 anos, e ocupa agora, gloriosamente a chefia da secção dos negócios castanhos. Se já vestia bem, veste melhor. Guarda-roupa de duzentos fatinhos de chulo, todos iguais, trezentas gravatinhas de flores, espinha obsequiosamente dobrada, sorriso untuoso e semítico, pestana revirada,, barbariza dos clientes com a sua péssima água de Colónia, e as infâmias do costume.. O seu dinamismo Regisconta, o seu atletismo de mercador de panos. derrubam todas as resistências ao consumo.
O Marques ,que quiz apoderar-se de toda a instalação sonora e anexar, não só a cabine de som, mas os ouvidos de toda a cilentela, foi furiosamenteb repelido pela tripulação do Supermercado. Então, vìndicativamente alapou na recepção, e nem tanques, nem chaimites, nem buldozeres o arrancaram de lá. Feliz, perfeitamente realizado, atende a chusma com a sua agressiva amabilidade, emitindo sonoridades truculentas, slogans fatais, tais como"
.."É entrar senhores! No MEU supermecado tudo o que
não é vosso é MEU, os MEUS trabalhadores, os MEUS bacalhaus, os MEUS champôos, os MEUS fillet-mignoms, as MINHAS cebolas...podem tornar-se vossas. Os MEUS homens amestrados atendervo-âo".
Nos intervalos para descanso, atende uma montanha de telefones, ao mesmo tempo e uma montanha de telegramas, walkie-talkies,pombos correios, electrocardiogramas,, radiogramas,nínguém-o-gramas,sismogramas, mensagens de 3.ºgrau e explicaões no nosso Raminhos.

Junto à antiga carga, há agora um posto de socorros para clientes incautos e sem seguro.É que o Giovanni se não vende morde. Com raiva. Aquela raiva de anos, babosa e sanguinolenta contra os agentes, recauchutada agora contra as donas de casa, contra as sopeiras. Se não vende trucida. Ninguém entra num supermecado em vão.
-"Ou levas mercadoria, ou comes porrada, lá de mãos a abanar é não vais!!"
E abespinha-se, e enrubece ,espalhando sangue, morte e desolação. O Giovanni é a consciência do comércio monopolista.

O QDO/QEU , antigo baluarte da autocracia "Marquesista", "sala" de ociosos supervisores eternamente sentados à mesa, tricotando fófócas de poleiro, digerindo inomináveis e inqualificáveis literaturas policiais e eróticas, foi transformado em tasca. Os temíveis paredões de barroca e possante alvenaria, onde dantes ressoavam as vozes tonitroantes do tirano e o sibilar miúdo a guarnição, cederam à artilharia dos tachos e das colheres de pau.
O Raposo o Candeias e o Sampaio, cheios de nódoas de vinho e de gordura, mas eficazes e pressurosos, servem os cozinhados suculentos do Ricardo e do Espuma. Consta que um e outro, têm dificuldade de fazer chegar aos clientes o produto das suas artes. Entre o caldeirão e a mesa, a gula e a fussanguice dos empregados pela "prova", é tal ,que não raro é, ser servido osso por chicha, e espinha por carapau. E como se isso não chegasse, um gato lambareiro - o gato Patrício - ronda permanentemente, mas em vão, os tachos e panelas. No entanto, é tal a sua pertinácia, que por vezes os empregados o deixam escorripichar os copos vazios, ou roubar uma ou outra espinha do prato.
Da ementa criteriosamente escolhida - ali não há prima para engrossar molhos, nem lesmas na salada -fazem parte pitéus como --"bloody noshow" - um sangrento tornedó de boi, "One man show" - um prato com paladar um tanto agressivo, para gente susceptível e de compleição débil, mas que, como o nome indica. é mais parra que uva.
"Black Power on the phone" - é um requintadìssimo cocktail de nafta, servido numa taça perfumada de "Aramis", com um auscultador telefónico empoleirado nas bordas. Curioso, e quanto a nós delicioso detalhe, é o facto deste cocktail ser servido pelo bisneto da Rainha Ginga, que dá pelo nome de Zuza, "o homem da savana", filho da puta para aquelas que tiveram a desdita de o amar.
O Sex-chop instalado no antigo QCS (Grupos), é dirigido com devoção e proselitismo pelo Rui de Sousa e pela Dina.
Está apetrechado com os mais sofisticados recursos químicos e mecânicos, quer para casos de imaginação depravada, quer de simples necessidade de ajuda "na hora certa".
Há sprays para tudo, desde himens resistentes, a caîmbras nos tornozelos, passando por um spray especial, muito usado pelos empregados do supermercado, contra ataques verbosos do exterior perpetrados cabotinamente a "altas vozes" acima dos 700 decíbeis.Neste sector as consultas processam-se com descrição e segundo os métodos mais modernos. Partindo do "homem-ideal- na -cama", os peritos determinam a categoria sexual do paciente. O modelo - o senhor Mesquita - , "em permanente fase de apoteose sexual", numa "casinha" oculta por espesso reposteiro. funciona a pedido ou por simples pressão exercida sobre um botão de plástico ligado a um gerador de impulsos eróticos.

O Filipe como praticante de artes marginalizadas, tem nas proximidades a sua boutique de vidente; um minúsculo estaminé de tabopan, forrado de chitas de Alcobaça, cujo mobiliário se resume a uma mesa de pé de galo e uma tripeça de nogueira carunchosa.. Aí, atende ele os descrentes, os deserdados e suoersticiosos, os desapaixonados e desiludidos, ou simples curiosos gozões, que lhe vertem no bolso do casacão sebento, copiosas quantias, em nome da estupidez, do obscurantismo do pirosismo neo-astrológico. O seu grande sonho é poder apoderar-se da TRANCA- o célebre golpe- de- tranca há tanto esperado -para a transformar em separata das "Trovas do Bandarra".
Na farmácia , pontificam a Irene e o Correia. Têm de tudo, mas a secção priviligiada é a dos calmentes..Note-se , todavia a Irene foi recusada pela gerência da tasca (eles lá tinham as suas razões). A explicação oficial foi no entanto a, da "desmesurada" concorrência que faria ao gato Patricio, no campo da gulodice, claro.
O Correia debate-se entre toneladas de ervas aromáticas e medicinais, e nos intervalos da sua permanente intoxicação e cansaço, dá conselhos macrobióticos e vegetarianos, devassa psicanalìticamente as almas mais fracas que lhe caiem nas mãos. Neste momento , conta no seu curriculum com dez suicidios aconselhados, segundo o lema: "Pague agora e suicide-se depois".
A sala de jogo é o Império do Bètinho.Aí ele faz de croupier, jogador, apanha-bolas e mulher de limpezas. Joga ping-pong, king-kong, carrôme, sueca, canasta e burro.
Mas joga mal. Todos gostam de jogar com o Bètinho, porque o Bètinho não sabe ganhar. A clientela adora o Bètinho. O Bètinho perde sempre. Viva o Bètinho .
A sala de leitura é o local onde o Amaro lê ao mesmo tempo todos os jornais do mundo.passados,presentes e futuros. Por um pequeno óbulo é possível o cliente obter da boca Amaro todas as notícias e infos relativos a assuntos específicos, quer se trate do escândalo Fouquet, no reinado de Luis XIV, do affaire Dreiffus, dos últimos avanços das tropas americanas em Marte. da eleição do Papa João quarenta e três, ou da instauração da ditadura do proletariado nos EUA.
Na secção infantil, há um labirinto para crianças até aos 3 anos, onde o Raminhos, inicialmente indigitado como guia, se perdeu com seis clientes , vai para um mês. Nunca mais ninguém soube deles.
Mesmo ao lado na secção de Assistência Social e Apoio Moral Polivalente (ASAMP), a Silvia desdobra-se em suores e gargalhadinhas miúdas, desenvolvendo uma super-actividade de apoio a retornados e emigrantes. A secção dispõe de uma modernìssima central telefónica de 28 linhas, 14 das quais ligadas permanentemente ao Maputo. As outras ao Poder Internacional, à Casa Branca e ao Kremlin, à redacção do Readers Digest," Revista Modas e Bordados", à Vera Lagoa, ao Jornal Diabo,e à Cia (que salvo erro , está na Beira).
O Rochinha exultante, agita-se num pandemónio de sucata, pomposamente designada por "ROCKY.S MODERN BAZAR", nervosamente limpando os suores da careca, e exibindo a sua, enfim, aparatosa aparelhagem toráxica (só toráxica), saltita ,entre selos. moedas, aquários, fios electricos,compêndios de matemática em 2.ª.mão, chás, cursos inacabados,, peixes, vitaminas, pacotes de argila, chinós, bull-workers, motos em segunda mão,, manuais políticos, posters, televisores estragados pelo próprio, hélices de avião, vestígios arqueológicos, cartões de militante de todos os partidos políticos, confetti, cascas de berbigão, etc, etc.
Junto do antigo QCM, somos atraídos por um gigantesco anúncio luminoso ; "CANTO DO VIGÁRIO", onde o Vieira, o Simas e o Sá, vendem febrilmente cautelas com defeito, licenças de construção,matrizes de totoloto do Burundi, servidões de passagem pela pista do aeroporto, marcações de entrevistas com inspectores da NASA,
Já venderam o Rossio a um casal de americanos do Massachuchas e o leão do Marquez a um grupo de japonenses em transito, e os cisnes do Rossio a um empreiteiro de Moimenta da Beira, .
A Natália é a voz -off. Aos micrifones da cabine de som, ela difunde as suas intimidades em tom de Florbela Espanca.
Ao Sereno , que chegou tarde de uma viagem ao Rio, deu-se um simples tabuleiro e uma mala de cartão com produtos para a caspa. Instalou-se ao pé do "ponto", e aí, exerce o seu mster, de pôr caspa a quem não a tem, e a vender cursos de marinheiro a quem não está interessado.
O Duarte grita na peixaria, entre caixotes de carapau:
-"Comprem suas ordinárias, que o peixe é fresco." Ich in der fuhrer der fishrei,e quem compra ao Fuhrer, empresta a Deus."
No antigo gabinete de chefes de divisão, funcionam agora os lavabos, porque havia sol, e não cheirava a suor.. O antigo ocupante , despojado de prerrogativas e estaminé, vagueia pelos corredores de tabuleiro pendurado ao pescoço, vendendo recuerdos, do antigo RC: PNRS com passageiros em terra, , voos cancelados à última hora, dead file, hanbacks por actuar, seis fichas (por estrear) para a casa de banho , e outras broncas. Consta que ficou na miséria, mas continua a passar férias nas Bahamas.
O Augusto e o Mendonça, destacados para a retrozaria, desapareceram logo no primeiro dia. Investigações posteriores provaram que foram ambos vendidos numa caixa de agulhas,.
O Marcelino através de nepotismos e outras habilidades, adquiriu boutique de beleza. a que chamou :"MARCELINO PELUQUERO E PERUCAS".
Passa o dia ao espelho, de cabelo postiço, em autocontemplação,frisando a grenha, esticando as peles, experimentando chinós.
O Catarino, esse, não quiz boutique, quiz cave, quiz caverna. Ataviou-se de bruxa, arrancou dentes, pôs avental e lenço na cabeça, muniu-se de sais, pós e poções, e desceu aos infernos do edifício. Muito em segredo, no meio de um décor dantesco, sufocado de fumos e tosses, demoníaco, solta gargalhadas e compões venenos.. Cá em cima, o Henriques, cheio de problemas de consciência ,mas mortífero no ataque às vítimas , vende-os por perfumes.
Ao Branco e ao Vaz, deu-se uma dispensa e uma cadeira , onde se sentam à vez, olham o infinito, caçam moscas e coçam o saco. Ninguém sabe para que servem.
Ao lado, o Cabral tem o seu gabinete de presidente do Comité do mau ambiente. Traz ao ombro o Carvalho da Carga vestido de papagaio.
-"Velho, velho, velho" -grita este em falsete, enquanto lhe debica a cêra dos ouvidos.
E finalmente, à porta do Supermecado, há 3 pobrezinhos esfarrapadìssimos:
O Caramelo, o Cascada e a Gertrudes Tomaz.
A Gertrudes apragoa citações:
-"Olhe, quer comprar as citações do meu husband?", "Traz prefácio do Castrim"
O Cascada, pelado e treslocado, leiloa memórias
-"I.m selling my memories", e espalha papéis ao vento , babando-se
Três mil e quinhentos volumes i"n fólio", em letra miudinha.
O Caramelo, finalmente, como lhe foi recusado o capricho de construir um minarete só para ele, foi para a porta com um manual de economia política debaixo do braço, pedir dividendos à caridade pública.
E com a toada lenta, monótona de muezin, vai-se lamentando que "ninguém o quer", que "é mais antigo que o filho da Dina, e o neto do Cabral" e que eles tiveram boutique e ele não.....!!!

sexta-feira, 9 de junho de 2017

terça-feira, 6 de junho de 2017

TRANSCRIÇÃO DUM TEXTO A MEDITAR

.
É UM TEXTO PERTURBANTE ,COM
CONTEUDO A MEDITAR QUE TRAN-
CREVO


Terrorismo na Grã-Bretanha: O que é que a primeira-ministra sabia?


por John Pilger

O indizível na campanha eleitoral britânica é isto. As causas da atrocidade de Manchester – na qual 22 pessoas, jovens na maior parte, foram assassinadas por um jihadista – estão a ser omitidas a fim de proteger segredos da política externa britânica.

Questões críticas – tais como porque o serviço de segurança MI5 manteve “activos” terroristas em Manchester e porque o governo não advertiu o público da ameaça em seu meio – permanecem sem resposta, desviadas pela promessa de uma “revisão” interna.

O alegado bombista suicida, Salman Abedi, fazia parte de um grupo extremista, o Libyan Islamic Fighting Group (LIFG), que prosperou em Manchester e foi cultivado e utilizado pelo MI5 durante mais de 20 anos.

O LIFG está proscrito na Grã-Bretanha como uma organização terrorista que pretende um “estado islâmico linha dura” na Líbia e “faz parte de um movimento extremista global mais vasto, inspirado pela al Qaida”.

Há uma “arma fumegante”: quando Theresa May foi secretária do Interior permitiu aos jihadistas da LIFG viajarem desembaraçadamente por toda a Europa e foram encorajados a empenharem-se na “batalha”: primeiro para remover Muammar Kadafi da Líbia, a seguir para juntarem-se a grupos filiados à al Qaida na Síria.

No ano passado, o FBI confirmadamente colocou Abedi numa “lista de terroristas a observar” e advertiu o MI5 de que o seu grupo estava à procura de um “alvo político” na Grã-Bretanha. Por que não foi ele detido e a rede em torno dele impedida de planear e executar a atrocidade de 22 de Maio?

Estas questões levantam-se por causa de uma fuga do FBI que demoliu a interpretação do “lobo solitário” apresentada após o ataque de 22 de Maio – daí o pânico e o ultraje não característico de Londres em relação a Washington e as desculpas de Donald Trump.

A atrocidade de Manchester põe em causa a política externa britânica ao revelar a sua aliança faustiana com o Islão extremista, especialmente a seita conhecida como Waabismo ou Salafismo, cujo principal guardião e banqueiro é o reino petrolífero da Arábia Saudita, o maior cliente de armas da Grã-Bretanha.

Este casamento imperial remonta à Segunda Guerra Mundial e aos primeiros dia da Fraternidade Muçulmana no Egipto. O objectivo da política britânica era travar o pan-arabismo. Estados árabes desenvolviam então um laicismo moderno, afirmando sua independência em relação ao ocidente imperial e controlando seus recursos. A criação de um Israel voraz destinava-se a apressar isto. O pan-arabismo foi então esmagado, o objectivo agora é a divisão e conquista.

Em 2011, segundo o Middle East Eye , o LIFG em Manchester era conhecido como os “rapazes de Manchester”. Implacavelmente opostos a Muammar Kadafi, eles eram considerados de alto risco e um certo número deles estava sob control orders [1] do Ministério do Interior – prisão domiciliar – quando estalaram as manifestações anti-Kadafi na Líbia, um país forjado a partir de uma miríade de inimizades tribais.

Subitamente as control orders foram levantadas. “Permitiram-me ir, sem fazerem perguntas”, disse um membro da LIFG. O MI5 devolveu seus passaportes e a polícia anti-terrorismo no aeroporto de Heathrow foi instruíd para que os deixassem embarcar nos seus voos.

O derrube de Kadafi, que controlava as maiores reservas de petróleo da África, fora planeado há muito em Washington e Londres. Segundo a inteligência francesa, o LIFG fez várias tentativas de assassinato de Kadafi na década de 1990 – financiadas pela inteligência britânica. Em Março de 2011, a França, Grã-Bretanha e EUA agarraram a oportunidade de uma “intervenção humanitária” e atacaram a Líbia. Eles foram acompanhados pela NATO sob a cobertura de uma resolução da ONU para “proteger civis”.

Em Setembro último, um inquérito do Comité Especial de Negócios Estrangeiros da Câmara dos Comuns concluiu que o então primeiro-ministro David Cameron havia levado o país à guerra contra Kadafi com base numa série de “suposições erróneas” e que o ataque “levara à ascensão do Estado Islâmico na África do Norte”. O comité da Câmara dos Comuns citou a chamada descrição “concisa” de Barack Obama quanto ao papel de Cameron na Líbia: um “espectáculo de merda” (“shit show”).

De facto, Obama foi um actor principal no “espectáculo de merda”, pressionado pela sua belicista secretária de Estado Hillary Clinton e pelos media que acusavam Kadafi de planear “genocídio” contra o seu próprio povo. “Sabemos… que se esperarmos mais um dia”, disse Obama, “Bengazi, uma cidade da dimensão de Charlotte, poderia sofrer um massacre que teria repercutido por toda a região e manchado a consciência do mundo”.

A estória do massacre foi fabricada pelas milícias salafistas que se defrontavam com a derrota diante das forças do governo líbio. Eles disseram à Reuters que seria “um banho de sangue real, um massacre como o que vimos em Ruanda”. O comité da Câmara dos Comuns relatou: “A proposta de que Muammar Kadafi teria ordenado o massacre de civis em Bengazi não era confirmada pelas evidências disponíveis”.

A Grã-Bretanha, a França e os Estados Unidos efectivamente destruíram a Líbia como um estado moderno. Segundo os seus próprios registos, a NATO lançou 9.700 “incursões de bombardeamento”, das quais mais de um terço atingiram alvos civis. Eles incluíram bombas de fragmentação e mísseis com ogivas de urânio [empobrecido]. As cidades de Misurata e Sirte sofreram bombardeamento em tapete. A UNICEF, a organização das Nações Unidas para a Infância, informou que uma alta proporção das crianças mortas “tinham menos de dez anos de idade”.

Mais do que “provocar a ascensão” do Estado Islâmico – o ISIS já havia fincado raízes nas ruínas do Iraque após a invasão de Blair e Bush em 2003 – estes supremos medievalistas agora tinham todo o Norte da África como base. O ataque também desencadeou uma debandada de refugiados a fugirem para a Europa.

Cameron foi celebrado em Tripoli como um “libertador”, ou imaginou que era. As multidões a aplaudirem-no incluíam aqueles SAS abastecidos e treinados pela Grã-Bretanha e inspirados pelo Estado Islâmico, tais como os “rapazes de Manchester”.

Para os americanos e britânicos, o verdadeiro crime de Kadafi era a sua independência iconoclasta e o seu plano de abandonar o petrodólar, um pilar do poder imperial americano. Ele audaciosamente havia planeado financiar uma divisa comum africana apoiada pelo ouro, estabelecer um banco para toda a África e promover uma união económica entre países pobres com recursos valiosos. Quer isto pudesse ou não acontecer, a própria ideia era intolerável para os EUA quando se preparavam para “entrar” na África e subornar governos africanos com “parcerias” militares.

O ditador caído escapava. Um avião da Royal Air Force localizou seu comboio e nas ruínas de Sirte ele foi sodomizado com uma faca por um fanático descrito nos noticiários como “um rebelde”.

Tendo saqueado o arsenal de US$30 mil milhões da Líbia, os “rebeldes” avançaram para o Sul, aterrorizando cidades e aldeias. Ao atravessarem o Mali sub-saariano, destruíram a frágil estabilidade daquele país. Os sempre-ansiosos franceses enviaram aviões e tropas à sua antiga colónia “para combater a al Qaida”, ou a ameaça que haviam ajudado a criar.

Em 14 de Outubro de 2011, o presidente Obama anunciou que estava a enviar tropas de forças especiais para o Uganda para ingressar na guerra civil dali. Nos meses seguintes, tropas de combate dos EUA foram enviadas para o Sul do Sudão, Congo e República Centro-Africana. Com a Líbia garantida, uma invasão americana do continente africano estava em curso, amplamente não noticiada.

Em Londres, uma das maiores feiras de armas do mundo foi encenada pelo governo britânico. O burburinho nos stands era o “efeito demonstração na Líbia”. A Câmara de Comércio e Indústria de Londres efectuou uma apresentação prévia intitulada “Médio Oriente: Um vasto mercado para companhias de defesa e segurança do Reino Unido”. O hospedeiro era o Royal Bank of Scotland, um grande investidor em bombas de fragmentação (cluster), as quais foram utilizadas extensamente contra alvos civis na Líbia. A publicidade das armas feitas pelo banco louvava as “oportunidades sem precedentes para companhias de defesa e segurança do Reino Unido”.

No mês passado, a primeira-ministra Theresa May esteve na Arábia Saudita, a vender mais de £3 mil milhões [€3,4 mil milhões] de armas britânicas que os sauditas têm utilizando contra o Iémen. Baseados em salas de controle em Riad, conselheiros militares britânicos assistem os sauditas nos raids de bombardeamento, os quais mataram mais de 10 mil civis. Há agora sinais claros de fome ali. Uma criança iemenita morre a cada 10 minutos de doenças evitáveis, afirma a UNICEF.

A atrocidade de 22 de Maio em Manchester foi o produto deste estado de violência implacável em lugares distantes, muitos deles com patrocínio britânico. As vidas e os nomes das vítimas quase nunca são por nós conhecidos.

Esta verdade custa a ser ouvida, assim como custa a ser ouvida quando o Metro de Londres foi bombardeado em 7 de Julho de 2005. Ocasionalmente, um membro do público rompe o silêncio, tal como o londrino do Leste que se postou frente à câmara e ao repórter da CNN e disse: “Iraque! Nós invadimos o Iraque. O que esperávamos nós? Vão em frente”.

Numa grande assembleia dos media a que compareci, muitos dos importantes hóspedes diziam “Iraque” e “Blair” como uma espécie de catarse do que não ousavam dizer profissionalmente e publicamente.

Contudo, antes de invadir o Iraque, Blair foi advertido pelo Joint Intelligence Commitee de que “a ameaça da al Qaida aumentará desde o princípio de qualquer acção militar contra o Iraque… A ameaça mundial de outros grupos e indivíduos terroristas islâmicos aumentará significativamente”.

Assim como Blair trouxe para a Grã-Bretanha a sua violência e o banho de sangue de George W Bush, também David Cameron apoiado por Theresa May agravou o seu crime na Líbia e a suas horrendas consequências, incluindo aqueles mortos e estropiados na Manchester Arena em 22 de Maio.

Não surpreendentemente, as consequências retornam. Salman Abedi actuou sozinho. Ele era um pequeno criminoso, não mais do que isso. Desvaneceu-se a rede extensa revelada na semana passada pela fuga americana. Mas as perguntas não.

Como é que Abedi foi capaz de viajar livremente através da Europa até a Líbia e voltar a Manchester só poucos dias antes de cometer seu crime terrível? Foi Theresa May informada pelo MI5 que o FBI o havia rastreado como fazendo parte de um planeamento de célula islâmica para atacar um “alvo político” na Grã-Bretanha?

Na actual campanha eleitoral, o líder trabalhista Jeremy Corbyn fez uma referência cautelosa a uma “guerra ao terror que fracassou”. Como ele sabe, isto nunca foi uma guerra ao terror mas sim uma guerra de conquista e subjugação. Palestina, Afeganistão, Iraque, Líbia, Síria. Dizem que o Irão será a seguir. Antes disso haverá uma outra Manchester, quem terá a coragem de dizer isso?

31/Maio/2017

[1] Control order: é uma ordem dada pela Secretaria do Interior do Reino Unido para restringir uma liberdade individual com o objectivo de “proteger membros do público de um risco de terrorismo. Sua definição e poderes foram estabelecidos pelo Parlamento no Prevention of Terrorism Act 2005.

O original encontra-se em johnpilger.com/articles/terror-in-britain-what-did-the-prime-minister-know

Este artigo encontra-se em http://resistir.info/ .

quarta-feira, 31 de maio de 2017

CRÓNICA DA CIMEIRA DE MAIO NOS"MENINOS"

.
OS "MENINOS" E O "BATISTA DA BURACA"
SÃO JÁ DOIS ESPAÇOS INSTITUCIONAIS
DO NOSSO GRUPO DE SENADORES DO RC.



À vez, realizamos as nossas CIMEIRAS, num ou noutro destes espaços.
Este encontro magno de Maio aconteceu na Quinta do Chaarquinho, nos "Meninos" onde o Polvo À Lagareiro cumpriu as exigências e deu para repetir a quem quis


Já lá vão 10 anos ,todos os meses e graças à Administração da nossa PM Dina, as nossas Cimeiras acontecem sempre, seja com que número fôr.
É certo que já tiveram muito mais quórum, com as mais participadas a juntar à mesa 43 senadores (como a do Marginalisimo em Paço d'Arcos ((quando o Sanpaio ainda aparecia...) e a de Entradas (Castro Verde).
Esses números já não são possíveis de voltar a acontecer, pois, muitos dos nossos companheiros já "partiram" e alguns ouros, por limitações de saúde já não podem deslocar-se.

Tivemos o regresso do Carlos Redondeiro,muito festejado e na imagem saudado pela nossa PM Dina.




e com grande pedalada:



Desta feita , nesta Cimeira de Maio, que foi a 122ª. realizada desde que iniciámos as nossas reuniões mensais, estiveram presentes 17 senadores

HERBERTO GOMES,DINA,FAUSTINO,VITOR SANTOS,ANA FRANCO, CANELAS,MELO,ZÉ MANUEL GUEDES VAZ,TERESA GUEDES VAZ,VIEIRA E MRS VIERA,MARCELO,ZÉ HERDEIRO,CARLOS REDONDEIRO,MARIA OLIMPIA.LUIS MOURÃO,MARIA JOÃO,



A sessão teve como preliminares o petisco do costume.

a que se seguiu o intelegentissimo polo ,ao qual pedi a protocolar desculpa para o estar a tricar

Os debates estiveram animadíssimos , quer com memórias do nosso RC ,como actualidade politica , futebolística e outras.





Recordámos aquela madrugada no 7º,anar do 25, de serviço o António José Lopes , o Carlos Henriques, dois TS encartados , e este vosso escriba o Zé Herdeiro.

O Kikinho trouxe umas quantas revistas da Playboy e ao longo da madrugada, entre o envio de um voo ou outro, duma protecção de passageiros de voos atrasados ,de múltiplos contactos com a Escala , o Lopes e o Henriques lá foram trocando impressões sobre as meninas peladas . Quando faltavam 10 minutos para aa 8 da manhã, e já em preparação para a mudança de turno. o Henriques virou-se para o Lopes e disse: " Oh António José , já viste a nossa vida, estivemos aqui a noite toda a bulir e não falámos de gajas...!!!

Falou-se também da possibilidade de voltarmos a realizar Cimeiras fóra de Lisboa, como aquelas que se tiveram lugar em Castro Verde, em Coimbra, em Alcobaça etc. A dificuldade está no preço dos autocarros de turismo, agora bem mais caros e a haver muito menos senadores disponíveis.

Um dos melhores momentos da Cimeira foi a comemoração do aniversário do FAUSTINO, com um bolo de velas ad-hock e um coro de PARABNS A VOCÊ muito desafinado, mas sentido.





A próxima Cineira terá lugar a 27 de Junho, o local ainda não foi definido, a PM Dina logo comunicará e aqui no nosso blog e na SALA, será divulgado.










GENTE NOSSA

.
O

terça-feira, 30 de maio de 2017

IRANDUBA, AS MENINAS DE CHUTEIRAS. DE MANAUS

.
FUTEBOL DE MENINAS EM
ALTA NA AMAZÓNIA COM
O CLUBE DE MANAUS A
LIDERAR O BRASILEIRÃO
FEMININO.


É inevitável olhar a tabela de classificação da primeira fase do Campeonato Brasileiro de futebol feminino e não se surpreender com os números do líder geral da competição: 13 jogos, 36 pontos conquistados em 12 vitórias e apenas uma derrota, 31 gols marcados e apenas 8 sofridos. Dados que fazem do Iranduba, comandado pelo treinador Sérgio Duarte, a grande sensação dos gramados em 2017.

“Caçula” entre os 16 clubes que disputam o torneio, o Esporte Clube Iranduba da Amazônia tem apenas seis anos de existência e foi fundado em janeiro de 2011. Desde o seu início incluiu o futebol feminino entre suas atividades. E foram justamente as meninas de chuteiras que alavancaram o sucesso do clube: elas venceram simplesmente todos os campeonatos amazonenses que disputaram de 2011 a 2016.

quinta-feira, 25 de maio de 2017

CIMEIRA DE MAIO DE 2017, NOS MENINOS

.
GRAÇAS À NOSSA PM DINA, AS
NOSSAS CIMEIRAS NÃO MORREM
E ESTE MÊS VÃO ACONTECER
E NOVO.


Da PM DINA , aí está a CONVOCATÁRIA
.
"
Amigas/os cá estou eu a divulgar o nosso repasto mensal. Iremos ao já bem conhecido " OS MENINOS " , Rua Quinta do Charquinho, 2.
Segue a ementa:

terça feira. 30 de MAIO.

ENTRADAS

PRATO. ...... Polvo à Lagareiro

VINHOS..ÁGUAS CERVEJA
SOBREMESA
CAFÉ

Preciso que confirmem presenças até segunda-feira, dia 29, às 13,00.

Bjs. Dina"

quarta-feira, 24 de maio de 2017

ESTALINEGRADO , CHAMA-SE HOJE, VOLGOGRADO

.
COMEÇOU POR SE CHAMAR TSARITSIN
DEPOIS EM 1925, PASSOU A
DENOMINAR-SE ESTAINEGRADO.
EM 1961, A DESESTALINIZAÇÃO
PASSOU A VOLGOGRADO.

IMAGENS DE AlexTref871, A.Savin, FontCity, Администрация Волгоградской области - Obra do próprio


Volgogrado (em russo: Волгоград, transl. Volgográd), conhecida entre 1598 e 1925 como Tsarítsin (no alfabeto cirílico: e, entre 1925 e 1961, como Stalingrado ou Estalinegrado :, é a capital administrativa do óblast de Volgogrado, na região desertica Cáucaso russo. Estende-se por cerca de 80 quilômetros ao longo da margem ocidental do rio Volga A população é de 1.021.215 habitantes segundo o censo de 2010



História[

Foi fundada em 1589 com a designação de Tsarítsin por ter se originado de uma fortaleza às margens do rio Tsaritsa. Em 1925, passou a se chamar Stalingrado por decisão do XIV Congresso do Partido Comunista da União Soviética, para homenagear o então secretário-geral do partido, Josef Stalin, por ele haver derrotado, nessa cidade, em 1920, à frente das tropas do Exército Vermelho, o general Anton Ivanovitch Denikin, comandante do Exército Branco.

A batalha de Stalingrado teve lugar nesta cidade no inverno de 1942, com êxito do exército soviético sobre as tropas alemãs nazistas, desgastadas pelo inverno rigoroso típico da região.


Em 1961, após o processo de desestalinização posto em prática no governo de Nikita Khruschov, passou a se chamar Volgogrado.[4]

A cidade sempre foi reconhecida como um grande centro industrial russo, especializando na construção naval e de veículos, além da produção de petróleo, aço e alumínio. Várias grandes fabricas, como a Volgograd Tractor Plant, tem sua sede neste município.

segunda-feira, 22 de maio de 2017

OS VENCEDORES DOS GLOBOS DE OURO 2017 - PORTUGAL

.
REALIZOU-SE ONTEM A GALA DE
ATRIBUIÇÃO DOS GLOBOS DE
OURO, EIS A LISTA DOS QUE
GANHARAM A ESTATUETA.



Os vencedores da XXII Gala dos Globos de Ouro foram os premiados nas categorias de cinema, teatro, música, moda e desporto.

Globos de Ouro


Os Globos de Ouro foram entregues ontem à noite no Coliseu dos Recreios.

Melhor Atriz de Cinema: Ana Padrão, Jogo de Damas

Melhor Ator de Cinema: Nuno Lopes, Posto Avançado do Progresso

Melhor Filme: Cartas da Guerra

Melhor Atriz de Teatro: Isabel Abreu, Um Diário de Preces

Melhor Ator de Teatro: João Perry, O Pai

Melhor Peça/Espetáculo: Música

Melhor Modelo Feminino: Maria Clara

Melhor Modelo Masculino: Francisco Henriques

Melhor Estilista: Luís Carvalho

Melhor Desportista Feminino: Telma Monteiro

Melhor Desportista Masculino: Cristiano Ronaldo

Melhor Treinador: Fernando Santos

Melhor Grupo: Capitão Fausto

Melhor Intérprete Individual: Carminho

Melhor Música do Ano: O Amor é Assim, HMB feat Carminho

Revelação do Ano: Beatriz Frazão

Prémio Mérito e Excelência: Fernando Santos

sexta-feira, 19 de maio de 2017

O NOSSO COMPANHEIRO PEREIRA DE SOUSA NA ESPOSIÇÃO "SENTIR A FOTOGRAFIA" . EXPOSIÇÃO NO ESPAÇO DA FUNDAÇÃO PORTUGUESA DE COMUNICAÇÕES

.
O NOSSO COMPANHEIRO PEREIRA DE SOUSA
FOI UM DOS AUTORES DE FOTOGRAFIAS
EXPOSTAS NA FUNDAÇÃO PORTUGUESA DE
COMUNICAÇÕES.


O nosso Reporter RICARDO , esteve presente no evento e captou para a TRANCA . algumas imagens da presença e da obra do nosso companheiro PEREIRA DE SOUSA.



As 3 fotografias que aqui se publica, são do acervo exposto do Pereira de Sousa.
Algumas outras constam de um vídeo da organização da Expo, e que pode ser visualizado no local, que relembro ,até 10 de Setembro.


"Sentir a Fotografia" na Fundação Portuguesa das Comunicações



No Museu das Comunicações teve lugar a inauguração da exposição Sentir a Fotografia , da ACIS (ACIS – Associação das Comunicações – Instituto Sénior), dia 17 de maio, 19h. com a Curadoria de Marina Gorlier.


As fotografias apresentadas nesta exposição, são o resultado do empenho e entusiasmo desenvolvido por 11 participantes do Seminário “Sentir a Fotografia” realizado em 2016 pela ACIS (Associação das Comunicações-Instituto Sénior).ma qual participou o nosso companheiro JOSÉ PEREIRA DE SOUSA. Sendo a estética fotográfica determinante neste Seminário, estes fotógrafos procuraram os enquadramentos, a luz, os contrastes e as estórias, em 3 zonas diferentes da cidade de Lisboa. As composições fotográficas resultantes refletem incontornavelmente o sentir de cada um deles.




a MOSTRA vai ficar patente na FPC |Museu das Comunicações entre 18 de maio e 10 de setembro.